Produtos de Segurança Eletrônica

Produtos de Segurança Eletrônica

Para garantir a satisfação dos nossos clientes trabalhamos com os melhores produtos de segurança eletrônica. Entre eles podemos destacar:

  • DVRs, NVRs e HVRs: 

São gravadores digitais de imagens provenientes de câmeras de segurança. A diferença entre eles está na forma de comunicação com as câmeras. DVR (Digital Video Recorder) é o sistema responsável por armazenar, gerenciar e transmitir as dvrimagens das câmeras com sinal analógico.

Geralmente os DVRs possuem entrada para 4, 8, 16 e até 32 câmeras. Os DVRs podem ser standalone ou base em computador. 

Os DVRs standalone são fabricados em uma única placa que concentra digitalizadores, processadores, memória, etc. Geralmente são sistemas mais simples mas que podem atender perfeitamente a necessidade do cliente. Os DVRs standalone possuem sistema operacional embarcado baseado em Linux e na maioria dos casos o sistema operacional está armazenado numa memória própria deixando assim os discos (HDs) exclusivos para a gravação das imagens. A maior vantagem dos DVRs Standalone está no tamanho reduzido e menor preço. Para usuários residenciais e de pequenas empresas é o que possui melhor custo benefício. placa-de-captura

Os DVRs base computador utilizam uma ou várias placas de captura instaladas na plataforma do próprio computador, fazendo uso dos componentes (memória RAM, processador, placa de vídeo, fonte, etc.) para processar as imagens. A maior vantagem dos DVRs base PC está na capacidade de processamento que permite gerenciar imagens com taxa de frames mais altas, dependendo do tipo de hardware, que pode aumentar bastante o preço de implantação do mesmo. Esta modalidade está se tornando obsoleta

NVR (Network Video Recorder) é o sistema capaz de gerenciar e armazenar as imagens proveniente das câmeras com comunicação pela rede TCP/IP nvrou simplesmente câmeras IP. Comumente o NVR pode ser um software que deverá ser instalado num computador com uma licença Windows ou um conjunto de hardware + software que rodará sobre o Sistema Operacional Linux. Existem NVRs com capacidade para gerenciar e armazenar imagens de 4, 8, 16, 32 e 64 câmeras, também temos alguns softwares que não tem limite de câmeras, porém esse limite está mais relacionado ao hardware do que ao software.

HVR (Hybrid Vídeo Recorder) é um sistema (software + hardware) capaz de gerenciar e armazenar as imagens das câmeras com sinal analógico e das câmeras IP simultaneamente, constituindo um sistema híbrido bastante vantajoso quando no local já se possui hvrcâmeras analógicas e deseja-se adicionar câmeras digitais (IP). Em maiores corporações os NVRs são a grande sensação do momento, além de gerenciar as câmeras IP, gravar imagens em alta resolução e gerenciar 4 vezes mais câmeras que um DVR, eles incorporam cada vez mais recursos que vão desde módulos de gerenciamento e gerador de relatórios, sistemas para leitura e reconhecimento de placas de veículos até complexos sistemas de análise de vídeo.

  • Câmeras

As câmeras de segurança, bem como os demais tipos contém um componente principal chamado de CCD (charge-coupled device) ou Dispositivo de camerasCarga Acoplado. Consistem em um sensor para captação de imagens formado por um circuito integrado contendo uma matriz de capacitores ligados (acoplados). Sob o controle de um circuito externo, cada capacitor pode transferir sua carga elétrica para um outro capacitor vizinho. Possui em seu interior um sensor de luz em estado sólido, que é o componente responsável por transformar a luz em sinal elétrico. A qualidade da imagem está diretamente ligada à qualidade do CCD. Nossa equipe trabalha exclusivamente com os CCDs da Sony, cuja qualidade é superior a de outros fabricantes. Neste ínterim também há outra característica, pois os CCDs de 1/3 possuem melhor captação do que os sensores de 1/4, pois quanto maior for o tamanho do CCD , mais pixels (pontos sensíveis à luz) existirão na área onde é formada a imagem.  

As lentes também possuem papel fundamental em uma câmera. Podemos citar a lente com auto-iris que permite a câmera compensar a luminosidade2012_CCTV LENZ_0222?.pdf do local e assim conseguimos uma melhor imagem, independentemente da iluminação. Ocorre que essa tarefa tem que ser feita manualmente por meio de movimento mecânico de partes das lentes (obturador da lente) ou automaticamente através das lentes auto-iris. Este recurso somente é disponibilizado em câmeras profissionais. O campo ou área abrangida pela câmera é definido pela distancia focal. Encontramos lentes de 4 mm, 8 mm, 12 mm etc. Com uma lente de distancia focal pequena abrangeremos uma área maior do que com uma lente de distancia focal grande. Com uma lente de 4 mm termos uma abrangência maior pela câmera e com a lente de 12 mm conseguiremos uma imagem mais aproximada de um objeto distante. Não podemos esquecer das lentes varifocais, que possuem distancia focal ajustável. 

Outro recurso que alguns modelos de câmeras possuem é o Balanço de Branco (White Balance) que fazem o controle de brancos na imagem e impedem que a imagem apareça “explodida” ou muito escura em determinadas partes.minicamera

Mini Câmeras: oferece menos recursos, não possuem visão no escuro total, embora alguns modelos captem imagens em ambientes com pouca luminosidade. São usadas mais para casos de investigação, sendo instalas em ambientes internos de forma oculta ou discreta. Auxiliam na identificação de furtos internos e fraudes. São as câmeras mais baratas do mercado.  camera-falsa

Câmera Falsa: instaladas em pontos estratégicos a fim de inibir a intrusão e vandalismo. Apesar da aparência de real, não possuem mecanismos de exibição de imagens. São perfeitas imitações de câmeras verdadeiras para efeito psicológico.

Câmeras com Infravermelho: A maioria dos CCDs conseguem captar imagens de infravermelho, ou seja, aquela ir30faixa de luz que o olho humano não consegue ver. Isto permite que mesmo na ausência total de luminosidade as câmeras transmitam as imagens em preto e branco. Tem se popularizado devido sua versatilidade. 

Câmeras TCP/IP: Uma câmera IP é uma câmera de vídeo que pode ser acessada e controlada por meio de qualquer rede IP, como a LAN, Intranet ou Internet. Usando simplesmente um navegador web e uma conexão de Internet de alta velocidade, usuários podem convenientemente ter acesso ao vídeo de uma câmera e, em alguns casos, até áudio, de qualquer local que esteja. Os modelos atuais são compatíveis com as tecnologias Ethernet e Wi-Fi e são separadas em categorias como camera-profissional-ipPan/Tilt/Zoom que permite ao usuário mudar o ângulo das câmeras, habilitar áudio, controlar uso de luz infravermelha para uso noturno, entre outros.

Câmeras Profissionais: Possuem recursos para melhor ajuste da imagem aos inúmeros ambientes. Podem ser analógicas ou digitais (IP). Oferecem imagens perfeitas e alta precisão no monitoramento de grandes ambientes, como lojas, hotéis, bancos, edifícios, escolas e outras aplicações. Algumas outras características das câmeras profissionais são: maior número de linhas, ou seja, maior definição, ajuste de zoom, menu de configurações, redução digital de ruído, função espelho, lente ajustável etc.

Para informações mais detalhadas entre em contato conosco! 

Share This Post
Leave A Reply